E3 2017 – Nintendo

Horário

Que horas se iniciará a conferência (horário de Brasília).

Terça-Feira, 13 de Junho, às 13h (horário de Brasília).

Links

Onde a conferência será transmitida.

http://e3.nintendo.com/

Escalação

subcategorias_escalacao

Que jogos já foram confirmados ou já sabemos que existem.

Super Mario Odyssey

Previsto para 2017, Super Mario Odyssey é a grande atração do evento.

Splatoon 2

Mais informações do jogo, que será lançado em julho de 2017, devem ser reveladas durante a apresentação.

Xenoblade Chronicles 2

A sequência do RPG da Monolith Soft, anunciada na conferência de apresentação do Switch, está prevista para 2017 e pode receber uma data mais concreta na apresentação.

Fire Emblem Warriors

O primeiro Fire Emblem para Nintendo Switch está previsto para 2018.

Arms

O jogo lançará dia 16 de junho e um torneio ocorrerá durante a E3.

Third Parties

Jogos de parceiros de marketing que devem ter espaço na conferência.

Confirmados

Mario + Rabbids: Kingdom Battle

Vazado, mas ainda não divulgado oficialmente, é esse troço da foto aí.
mario-rabbids

FIFA for Nintendo Switch

FIFA receberá uma edição exclusiva para Nintendo Switch.

The Elder Scrolls V: Skyrim

A versão do sucesso da Bethesda para Switch está confirmada.

Shin Megami Tensei

Mostrado na apresentação oficial do Nintendo Switch.

Possíveis

Jogo da PlatinumGames

A PlatinumGames fez parcerias de sucesso com a Nintendo em Wonderful 101 e Bayonetta 2, para o Wii U. A empresa afirmou estar trabalhando em um “título interessante” para a Nintendo.

Sonic Forces

A parceria de divulgação da Nintendo com Sonic vem de algumas gerações e é possível que se mantenha com Sonic Forces, novo jogo 3D do ouriço.

Por Onde Anda?

subcategorias_por_onde_anda

Aquele jogo que você nem lembra que existe está nesta categoria, se a gente lembrou dele.

Novo Jogo da Retro

Em desenvolvimento desde o lançamento de Donkey Kong Country: Tropical Freeze, de 2014, a nova empreitada da Retro Studios é um segredo. A torcida é forte por um Metroid, franquia que não deu as caras no Wii U, mas um novo Donkey Kong Country seria bem vindo.

Craque Neto

subcategorias_craque_neto

Rumores que circulam pela Internet, tão fundamentados quanto o Seedorf no Corinthians.

SNES Classic

Depois do sucesso do NES Classic, tudo indica que o SNES Classic será real, até mesmo uma pesquisa oficial da Microsoft.

Pokémon Stars

A sétima geração de Pokémon pode dar as caras no Switch e há rumores que envolvem até links reservados que direcionam para a página inicial.

Virou Passeio

capas_subcategorias_virou_passeio

Toda conferência tem aquela parte que é um porre e nós listamos os possíveis bueiros de cada uma.

Focar muito no Nintendo 3DS

O Nintendo Switch vem como um console para substituir o Wii U e o Nintendo 3DS, por mais que a Nintendo não diga isso abertamente, devido aos riscos de se substituir um produto de sucesso por um novo produto depois do fracasso de vendas que foi o Wii U. Embora o 3DS ainda esteja recebendo jogos constantemente e seja importante mostrar suporte ao portátil, a estrela da vez é o Nintendo Switch, e é dele que as pessoas querem informações.

Poucos títulos de peso

A E3 2015 da Nintendo foi um balde de água fria que anunciou praticamente o fim do Wii U, que recebeu suporte praticamente nulo da própria Nintendo em 2016 (grande maioria dos exclusivos foram desenvolvidos por estúdios terceiros). Em 2016, bastou Zelda para ser o grande centro das atenções da feira. A Nintendo possui grandes franquias e não apresentar jogos dela depois de um ano sabático como o passado gerará desconfiança no Nintendo Switch.

Deixa o Time Sonhar

subcategorias_deixa_o_time_sonhar-jpg

O limite aqui é nossa imaginação e nossa vergonha de compartilhá-la com vocês.

Zelda Spin-off Misterioso

A tela mostra um vilarejo sendo atacado por monstros, as pessoas fugindo em pânico. Do alto de um moinho de vento, surge uma figura solitária, pula pelos telhados até o chão e põe-se a enfrentar as criaturas com extrema agilidade, digna de um Raiden em Metal Gear Rising ou da Bayonetta. É Sheik, de Ocarina of Time, vindo defender a Kakariko Village. Um quadradinho no canto da tela mostra Eiji Aonuma com controles do Switch, jogando. A tela se divide em dois. Enquanto, em uma metade, ainda vemos Sheik lutando e Aonuma controlando, a outra metade mostra Link chegando na vila, e um segundo quadradinho mostra Kamiya, da Platinum, controlando-o. Os dois jogam por um tempo. É o novo hack n slash da Platinum Games com a Nintendo. Lágrimas escorrem de nossos olhos. AQUI TEM UM BANDO DE LOKOOO LOKO POR TI NINTENDO

Novo Metroid

Metroid Prime: Federation Force foi um dos momentos de E3 na qual o ódio absoluto tomou conta das pessoas. Um jogo que talvez não seja nem ruim virou bode expiatório dos desejos que as pessoas têm por um novo Metroid no formato que fez a franquia ser o clássico que é. Não precisa nem lançar logo, a mera existência desse jogo já é o bastante para acalmar os desejos sórdidos (de explodir a sede da Nintendo).

Captain Toad

Captain Toad Treasure Tracker é um dos melhores jogos que o Wii U recebeu e, por ter sido lançado em dezembro para um console com uma base instalada baixa, muitas pessoas que gostariam do jogo perderam a oportunidade de aproveitá-lo. Um port para Switch aos moldes de Mario Kart 8 Deluxe ou uma nova edição seriam ótimas para o console, ainda mais por ser tratar de um jogo de ciclos curtos, bem adequado para um portátil.

Pokémon Red Sun & Blue Moon

Essa eu li no Twitter e não quero outra coisa. O nome já diz. É Pokémon. É a sétima geração. É a volta a Kanto. E é no Switch.

Paper Luigi

Um jogo mostrando finalmente como foram as aventuras de Luigi durante os eventos do Paper Mario: The Thousand Year Door, baseado no diário que podíamos ler durante o jogo.

Pokémon Snap Mundo Aberto

A tech demo de Pokémon Stadium com quem todos nós passamos horas demais porque era o único jeito de ver pokémons em três dimensões acabou sendo um jogo bem divertido. O original é limitado ao trajeto dos trilhos do carrinho e as ações dos bonequinhos são sempre as mesmas, mas imagina um mundão aberto, milhares de possibilidades e várias DLCs. Pode continuar em trilhos na real, o “mundo aberto” é só pra sugerir a expansão e pra manter viva a piada. VAMO DETONAR TUDO MINHA NINTENDO.

Shin Megami Tensei Snap

Primeiramente, obrigado Pokémon por ter essa ideia genial das fotos. Mas agora, sério, que se foda o Pokémon Snap. Imagina um jogo assim se passando nas mais diversas regiões de Tóquio, destruídas ou não – e aí, os demônios desenhados pelo Kazuma Kaneko aparecem e não só você tem de tirar as fotos deles, como pode ter alguma mecânica de conversa caso eles vejam que você tirou uma foto. Vai Nintendo, aproveita o bonde do SMT novo, qualquer coisa me contrata que eu faço!

Star Wars: Rogue Squadron II – Rogue Leader Returns

Em tese os sonhos com Star Wars deviam estar na conferência da EA, mas esse aqui é um caso especial. Os dois Rogue Squadrons lançados – para N64 e GCN, respectivamente – são jogaços e faziam o fanservice mais legal do mundo que é esquecer o que estava acontecendo no mundo POP e se focar num jogo com sua própria história, com foco apenas em pilotar navinhas com o Wedge Antilles. O terceiro jogo foi meio chato exatamente por querer se aproximar demais das cenas dos filmes, então a continuação tem que ser do segundo e anunciada para o console da Nintendo. PRA CIMA DELES BIG N CARALHO!


Confira outros textos da série aqui.

Escrito por Juiz Cachorro

O seu clube do livro de videogames.

  • bando de nintendista do cacete

  • mas sério, eu to esperando demais da nintendo, também. e essa do zelda hack ‘n slash, que eu tenho sérias dúvidas em ter sido o caio ou não, é genial demais.

    já teve musou, agora falta um spin-off de um gênero que preste.

    • Caio Oricchio

      pode ter sido, ou pode ter sido o próprio shigeru miyamoto que hackeou o judog e mandou essa pra ver a reação do publico….