E3 2017 – Electronic Arts

Horário

Sábado, 10 de Junho, 16h (horário de Brasília)

Links

YouTube

Escalação

subcategorias_escalacao

Que jogos já foram confirmados ou já sabemos que existem.

Star Wars

Star Wars Battlefront 2

Desenvolvido pela EA DICE, com apoio da Criterion Games e Motive Studios.

Star Wars – Respawn

Um jogo de ação/aventura em 3ª pessoa, do mesmo estúdio de Titanfall.

Star Wars – Visceral Games

Título de Star Wars em desenvolvimento pelo estúdio de Battlefield Hardline.

EA Sports

FIFA 18

A segunda temporada do modo Journey, com nova história e novos personagens é o destaque da edição deste ano.

fifa_17_journey

Madden NFL 18

A edição de 2018 contará com o Quarterback Tom Brady ilustrando a capa.

NHL 18

Está confirmada a edição anual da franquia de hockey da EA.

NBA Live 18

A franquia de basquete da EA retorna após hiato de um ano.

FIFA for Nintendo Switch

A edição de FIFA para o novo console da Nintendo foi confirmada como um jogo diferente do principal.

Novo UFC

O UFC recebe mais uma edição. Sem mais informações até então.

Outros

Battlefield 1: In The Name of The Tsar

A DLC de Battlefield 1 está prevista para o mês de agosto.

The Sims 4

Mantendo constantes atualizações, o jogo deve apresentar novidades durante a EA Play.

Dylan

A Bioware confirmou que está trabalhando em uma nova IP desde 2012, após divulgação em conferência de relatório financeiro da EA. Foi confirmado que o jogo não será lançado neste ano fiscal.

Novo Need for Speed

Confirmado em relatório financeiro da EA, em desenvolvimento pela Ghost Games.

nfs

 

EA Originals

Anunciado na EA Play do ano passado, o projeto de apoio a jogos indies inspirado na boa repercussão de Unravel não recebeu divulgação e novos títulos até então.

Fe

Anunciado na EA Play 2016, nada mais foi publicado sobre o jogo.

Novo Jogo – Coldwood Interactive

Desenvolvedores de Unravel confirmaram novo jogo em parceria com a EA.

Sea of Solitude

Em dezembro, a EA anunciou discretamente que o jogo Sea of Solitude, da Jo-Mei Studios, seria o segundo título publicado com o selo EA Originals.

Por Onde Anda?

subcategorias_por_onde_anda

Aquele jogo que você nem lembra que existe está nesta categoria, se a gente lembrou dele.

EA Originals

Ano passado a EA anunciou seu selo para publicar jogos de menor orçamento chamado EA Originals, uma iniciativa que partiu da boa repercussão que Unravel gerou. Durante a conferência da EA Play 2016, o primeiro jogo que seria publicado por este selo, Fe, foi anunciado. Desde então, nenhuma novidade foi anunciada. Espera-se que na conferência deste ano mais jogos sejam anunciados e que os produtos derivados do EA Originals cheguem às nossas mãos.

Craque Neto

subcategorias_craque_neto

Rumores que circulam pela Internet, tão fundamentados quanto o Seedorf no Corinthians.

Esta é uma categoria complicada para a EA, porque ela supostamente já mostrou para seus investidores tudo o que tinha em apresentações. É possível que haja novos jogos em andamento e que novidades deles possam ser apresentadas, haja vista que os estúdios maiores como a EA DICE e a Bioware (pelo menos antes da redução desta) têm capacidade de trabalhar em 2 jogos. As surpresas podem partir do programa EA Originals e dos estúdios mais sociais, como o PopCap Studios com Plants vs.Zombies: Garden Warfare 3 e Peggle 3 e a Maxis com The Sims 5 ou uma nova expansão para The Sims 4.

Virou Passeio

capas_subcategorias_virou_passeio

Toda conferência tem aquela parte que é um porre e nós listamos os possíveis bueiros de cada uma.

Pragmatismo

A conferência da EA de 2016 foi marcada por um evento cuja única grande surpresa foi o anúncio de Titanfall 2, que foi vazado pouco antes do anúncio oficial. Embora muito do que a EA tenha a mostrar fora dito em conferências corporativas, ter cartas na manga dão um ânimo para apresentação. Desde que não seja apenas um novo Plants vs. Zombies Garden Warfare.

Muito tempo para celebridades

Em 2015, o palco da EA foi espaço para uma longa entrevista com o Pelé e em 2016, para José Mourinho. Não é necessariamente ruim haver celebridades no evento, elas trazem um marketing importante com o público casual, mas o tempo longo investido nisso desvia daquilo que o público hardcore deseja assistir. A capa de Madden 2018 leva a crer que a estrela deste ano será o Quarterback Tom Brady.

Desenvolvedores fazendo seu trabalho

Com uma necessidade de mostrar para o mundo que há uma parceria forte com a Disney para que jogos de Star Wars sejam desenvolvidos por ela, a EA propiciou momentos bastante chatos sobre o dia a dia dos desenvolvedores para criar os jogos. Este material é de um interesse muito específico, e fica mais adequado em vídeos soltos do que em uma apresentação deste porte.

Deixa o time sonhar

subcategorias_deixa_o_time_sonhar

O limite aqui é nossa imaginação e nossa vergonha de compartilhá-la com vocês.

Modo Journey em outros esportes

O modo Journey é um formato que parece bem funcional para atrair novos jogadores para um gênero de jogos pouco convidativo a pessoas que não tem afeição por futebol, já que ele é mais sobre a evolução de um personagem do que sobre o ato de jogar em si. Trazer isso para Madden NFL, NBA Live e NHL pode ser a porta de entrada de novas pessoas em novos esportes.

Jogo da Copa do Mundo lançado com eliminatórias completas

O jogo da Copa do Mundo é aquele dinheiro certo para os cofres da EA e da FIFA, mas lançá-lo com todos os times acessíveis para que possamos jogar todo o percurso das eliminatórias é algo que não acontece há bastante tempo.

Modo Journey com opção de ser técnico no FIFA 18

A ideia de um “arco” focado em personagem num jogo de futebol por si só é um conceito bem interessante e dá para brincar bastante com as possibilidades que isso apresenta – no próprio fifa 17 eles criaram um rival que era seu amigo de infância. Mas ainda dá para ir mais longe! Um “próximo nível” apropriado seria fazer uma carreira com a possibilidade de ser técnico, utilizando mecânicas que se encaixem nesse contexto.

Relançamento dos RTS de Senhor dos Anéis (Battle for Middle Earth)

A skin não-oficial mais estilosa de Command and Conquer já é legalmente inacessível há alguns anos. Jamais houve relançamento digital, e Senhor dos Anéis não voltou como Star Wars de forma que justifique um novo jogo. Já que o jogo em si não é nada extraordinário, relança-lo é apenas um sonho dos fãs dos filmes, colecionadores de dioramas digitais interativas.

Relançamento trilogia Senhor dos Anéis

Só por essa transição o mundo já precisa revisitar esse aqui. Falando sério agora, talvez não dos melhores mas ambos os dois jogos (o As Duas Torres cobria também A Sociedade do Anel) eram jogos de ação que tentavam, pelo menos, fazer alguma coisa diferente para a época, o Duas Torres era cheio de combinhos e finalizações legais e o Retorno do Rei tinha uma progressão bem parecida com a do filme não só por ser “tal cena – uma fase, tal cena – outra fase” mas por serem vários caminhos, cada um representando a história de um dos personagens.

Burnout novo

A Nintendo sempre prova de novo pra gente que dá sim pra fazer jogo de corrida sem carrões, de tiro sem tiros e de luta sem porrada. Burnout e Black não são da Nintendo, é claro, e não foram isso, também, mas eram muito mais sobre destruir as coisas sem ligar pro quão realista ou equilibradas fossem os parâmetros. Um novo Burnout poderia ainda aproveitar-se das lições de Splatoon e, claro, Overwatch, para construir cenários multiplayer ao redor de diversão em equipe.

Burnout remaster

Sério. Pelo menos o Revenge.

EA FIVB 2018

Já passou da hora de alguém fazer um jogo de volêi melhor que Hyper V-Ball do SNES.

Need for Speed UnderWORLD

Talvez os jogos mais fechadinhos em conceitos tenham, nova e felizmente, ganhado espaço junto ao grande publico, passada a moda dos jogos-que-fazem-simplesmente-tudo, que veio após GTA San Andreas. Provas disso são Forza Horizon e a força contínua de cada novo Call of Duty. Need for Speed Underground era muito mais focado numa atmosfera formada por rachas noturnos e neons distorcidos pela percepção alterada pela velocidade, falta de sono ou drogas (você escolhia como entender) do que em simular corridas perfeitas ou tunar carros. E rapaz como ele era gostoso nisso!

Toy Story 2-2, continuação do famoso jogo de plataforma de Nintendo 64 e Playstation, Toy Story 2.

Tivemos um ressurgimento desse estilo de plataforma com objetos colecionáveis nos últimos anos com jogos tais quais Yooka-Laylee e Assassin’s Creed, é hora da EA voltar a investir nesse barco.


Confira outros textos da série aqui.

Escrito por Juiz Cachorro

O seu clube do livro de videogames.

  • tudo o que eu quero é um burnout novo e esse star wars da respawn. o resto não me interessa muito… é a EA.