Posts Categorized: DEFAULT

  • DEFAULT

    Call of Duty: Advanced Warfare

    Posted on by

    Eu adoro o modo como Call of Duty: Advanced Warfare começa. A primeira missão é muito pessoal, mais que qualquer outra do resto da campanha, porém, ela é contraditória também: enquanto tenta alcançar esse nível de pessoalidade falando sobre o Soldado Comum E Seus Dramas ela também tenta manter uma certa distância dessa pessoalidade, jogando… Read more »

  • DEFAULT

    O silêncio ubíquo em Destiny 2

    Posted on by

    O absoluto de qualquer coisa sempre irá transpor a moldura limitadora que é a percepção. Quando você começa a tentar colocar em palavras ou explicar sistematicamente esse absoluto, acaba encontrando mais barreiras do que caminhos: sua visão; sua linguagem; seu mundo; você. Esse “indizível” que se esconde por trás de tantos obstáculos é um sentimento,… Read more »

  • DEFAULT

    A Chuva de Breath of the Wild

    Posted on by

    A chuva, em nossa vida real, raramente é mais do que um incômodo. Ela não necessariamente torna partes de nossa rotina inviáveis, mas atrapalha um monte de coisinhas pequenas e acabam acumulando para tornar a nossa experiência diária mais miserável. Isso é bem triste, até, porque chuva é um negócio muito bonito, cria temperaturas agradáveis… Read more »

  • DEFAULT

    Max Payne e o Rifle Sniper

    Posted on by

    Muita gente que escreve sobre videogames deveria jogar Max Payne. Sabe aquela frase feita que desde Dark Souls já é mais repetida que fator replay, a “é difícil, mas não é injusto”? Assim como o fator replay, ela é só uma característica do jogo que foi elevada a elogio desde um vídeo do Extra Credits… Read more »

  • DEFAULT

    ÉON EM EOS: EXPLORANDO FINAL FANTASY XV

    Posted on by

    UMA INTRODUÇÃO CURTA, MAS IMPORTANTE Escrevi esse texto em Maio de 2017, alguns dias depois de terminar Final Fantasy XV, e essa é uma introdução curta, mas importante. Esse é um ensaio sobre subjetividade, sobre humanidade e sobre os silêncios que residem em ambos. Talvez também seja acerca das minhas doutrinas e rituais, mas, definitivamente,… Read more »

  • DEFAULT

    Mario + Rabbids: Kingdom Battle e preservação de identidade

    Posted on by

    Foram longos dias de ira internética desde o vazamento de algumas imagens de Mario + Rabbids: Kingdom Battle e seu anúncio oficial, durante a conferência da Ubisoft para a E3 2017. Eu costumo ser um tanto receptivo a ideias novas em jogos de videogame, mas ver o Mario usando uma arma e atuando em conjunto… Read more »

  • DEFAULT

    Kingdom Hearts: Chain of Memories

    Posted on by

    A being that is neither darkness nor light; belonging nowhere; abandoned by its heart; a mere shell of its former self. The relation between the heart and the body is complex. However, I am certain that if your self exists here, then by definition the other cannot truly “exist.” The other, the one which does… Read more »

  • DEFAULT

    Watch Dogs 2

    Posted on by

    Acho que é razoável começar explicando o motivo de eu ter comprado Watch Dogs 2, em primeiro lugar. Sou um crítico inveterado da Ubisoft e nada foi mais Ubisoft em 2016 que Watch Dogs 2. Acontece que os dois jogos da série estavam em uma promoção razoável na loja do Xbox semana passada e ainda… Read more »

  • DEFAULT

    We ♥ Katamari

    Posted on by

    Katamari Damacy é um dos meus jogos favoritos. Eu gosto bastante dele, a ponto de desperdiçar mil oitocentas e não sei quantas palavras falando de como ele reúne muitas de minhas preferências em joguinhos. Passei bons tempos ponderando enquanto jogava We ♥ Katamari se eu gostava de Katamari ou Katamari Damacy, o jogo original. Sério,… Read more »

  • DEFAULT

    Bleed 2

    Posted on by

    É complicado falar de Bleed 2 sem citar o primeiro Bleed porque Bleed 2 é uma extensão direta de seu antecessor em tudo. Com isso, quero dizer que daria perfeitamente para pegar as fases e eventos do segundo jogo e “colar” no final do primeiro, seguindo como se aquele corte não tivesse ocorrido. Parece um… Read more »