Posts Categorized: DEFAULT

  • DEFAULT

    Max Payne e o Rifle Sniper

    Posted on by

    Muita gente que escreve sobre videogames deveria jogar Max Payne. Sabe aquela frase feita que desde Dark Souls já é mais repetida que fator replay, a “é difícil, mas não é injusto”? Assim como o fator replay, ela é só uma característica do jogo que foi elevada a elogio desde um vídeo do Extra Credits… Read more »

  • DEFAULT

    ÉON EM EOS: EXPLORANDO FINAL FANTASY XV

    Posted on by

    UMA INTRODUÇÃO CURTA, MAS IMPORTANTE Escrevi esse texto em Maio de 2017, alguns dias depois de terminar Final Fantasy XV, e essa é uma introdução curta, mas importante. Esse é um ensaio sobre subjetividade, sobre humanidade e sobre os silêncios que residem em ambos. Talvez também seja acerca das minhas doutrinas e rituais, mas, definitivamente,… Read more »

  • DEFAULT

    Mario + Rabbids: Kingdom Battle e preservação de identidade

    Posted on by

    Foram longos dias de ira internética desde o vazamento de algumas imagens de Mario + Rabbids: Kingdom Battle e seu anúncio oficial, durante a conferência da Ubisoft para a E3 2017. Eu costumo ser um tanto receptivo a ideias novas em jogos de videogame, mas ver o Mario usando uma arma e atuando em conjunto… Read more »

  • DEFAULT

    Kingdom Hearts: Chain of Memories

    Posted on by

    A being that is neither darkness nor light; belonging nowhere; abandoned by its heart; a mere shell of its former self. The relation between the heart and the body is complex. However, I am certain that if your self exists here, then by definition the other cannot truly “exist.” The other, the one which does… Read more »

  • DEFAULT

    Watch Dogs 2

    Posted on by

    Acho que é razoável começar explicando o motivo de eu ter comprado Watch Dogs 2, em primeiro lugar. Sou um crítico inveterado da Ubisoft e nada foi mais Ubisoft em 2016 que Watch Dogs 2. Acontece que os dois jogos da série estavam em uma promoção razoável na loja do Xbox semana passada e ainda… Read more »

  • DEFAULT

    We ♥ Katamari

    Posted on by

    Katamari Damacy é um dos meus jogos favoritos. Eu gosto bastante dele, a ponto de desperdiçar mil oitocentas e não sei quantas palavras falando de como ele reúne muitas de minhas preferências em joguinhos. Passei bons tempos ponderando enquanto jogava We ♥ Katamari se eu gostava de Katamari ou Katamari Damacy, o jogo original. Sério,… Read more »

  • DEFAULT

    Bleed 2

    Posted on by

    É complicado falar de Bleed 2 sem citar o primeiro Bleed porque Bleed 2 é uma extensão direta de seu antecessor em tudo. Com isso, quero dizer que daria perfeitamente para pegar as fases e eventos do segundo jogo e “colar” no final do primeiro, seguindo como se aquele corte não tivesse ocorrido. Parece um… Read more »

  • DEFAULT

    Shadow of the Colossus

    Posted on by

    Sobre Shadow of the Colossus, vazios e silêncios e os filmes do Peter Jackson.

  • DEFAULT

    Monster Hunter Generations

    Posted on by

    Uma vez, numa partida de Insurgency (um jogo de tiro em primeira pessoa, para vários jogadores, que basicamente tenta ser um Counter Strike Mais Realista), eu estava subindo um lance de escadas numa direção, e o próximo lance ia na direção contrária, como escadarias de prédio. Enquanto subia, apontei a arma para o próximo lance,… Read more »

  • DEFAULT

    Forza Horizon 3

    Posted on by

    Eu acho que tem alguém grande na Playground Games que fica puto demais com review de jogo, daqueles que fica cheio de vontade de calar a boca de todo mundo. O Forza Horizon 2 recebeu umas críticas com respeito a falta de customização do personagem, algo que deve ter incomodado rigorosamente zero pessoas sem a… Read more »